Bye bye França

Adios bleus. A França não deveria nem ter ido à África do Sul. Que bom que estão indo embora cedo.

Henry e sua mão amiga voltam para a França

Anúncios

Olha o que perdi hoje de manhã

Bom. Não vi o show de Portugal e de Cristiano Ronaldo. Mas foi por uma boa causa. Estava apresentando meu TCC. Não pude ver os 7 gols lusitanos, mas poude ver meus 100 pontos na monografia. Então está perfeito. Vitória portuguesa, “com certeza”. E TCC finalizado finalmente. Agora poderei assistir com mais tranquilidade aos jogos da Copa.

Tô triste. O Saramago morreu

O escritor, que sofria de leucemia e problemas respiratórios, morreu nesta sexta

Recebi essa péssima notícia mais ou menos às 10h da manhã de hoje. Fiquei  triste, muito triste. Desde os 13 anos de idade eu perseguia um de seus clássicos, “Ensaio sobre a cegueira”. Falta de tempo, de ânimo, de busca, de procura, sei lá. Mas só fui ler o livro com 20 anos. O livro é ótimo. Um clássico. Confesso que não achei sensacional, mas tenho um motivo para isso: Criei uma expectativa gigantesca em torno do livro e nem a perfeição iria satisfazer tanta espera.

Não vou ser hipócrita de falar que conhecia tudo sobre o autor ou que li todos os livros dele. Isso não é verdade. Li apenas o “Ensaio sobre a cegueira”. E adorei. A história do livro é incrível e o jeito Saramago de escrever é impressionante. Como pode escrever sem pontuação? Sem ponto final? Ele consegue. Ele conseguia. E eu consegui entender. Perfeitamente. Compreendi toda a história, todas as paradas, acentos que não existiam e tudo isso no português de Portugal, pátria mãe do escritor.

Não me lembrei de detalhes do livro, ou de frases bonitas do autor. Coloquei algumas no Twitter hoje, mas confesso que muitas dessas homenagens foram retuites. Não lembro cada palavra, cada letra, cada espaçamento. Mas me lembro muito bem da genialidade de um escritor que me fez ler um livro (teoricamente difícil pelo idioma e pela diferente acentuação) com um prazer sem igual. Espero que ele encontre o que imaginou enquanto vivia. Não teremos mais Saramago e suas críticas, mas teremos suas obras e estas sim, são imortais. Salve Saramago.

Fora azuis

Toulalan recebeu o segundo amarelo e não joga contra a África do Sul

Hoje a França deu um importante passo para ser eliminada da Copa do Mundo. Que Zidane me perdoe, mas espero que esse passo se complete e que “Les Bleus” deem adeu ao Mundial. Não quero que a França seja eliminada por ser a carrasca do Brasil. Não é isso. Quero que eles saiam porque não deveriam nem ter ido à África do Sul. Ou alguém não se lembra da mão amiga de Thierry Henry contra a Irlanda?

O gol irregular de Henry garantiu a vaga da França no Mundial da África

O México fez a felicidade de muitos brasileiros e irlandeses ao vencer os azuis por 2 X0. Quero muito que os bafana bafana se esforcem para alegrar sua torcida e com isso tirem a França da disputa. Não é questão de medo, é questão de justiça. A França não merecia ir à essa Copa. Houve injustiça com a Irlanda e agora eu espero que haja justiça contra a França.