É amanhã

Acho que a Copa do Mundo só começa pra valer amanhã, com o jogo entre Alemanha e Inglaterra. Os alemães vem de uma boa primeira fase, apesar de terem perdido para a Sérvia. A Inglaterra tem um time cheio de estrelas, mas elas ainda não brilharam juntas. Pra mim será o primeiro grande jogo desse Mundial. Espero uma partida cheia de oportunidades e dois times com vontade de vencer, afinal agora é mata-mata, quem perde está fora. Vamos ver se nas oitavas os times vão querer realmente a vitória, porque até hoje… todos apenas quiseram não tomar gols.

Espero que a Alemanha saia vitoriosa desse encontro de campeões. Gostos dos ingleses, mas sou muito mais Alemanha. Os germânicos têm mais vontade, dinâmica de jogo, sei lá, acho que eles mostram em campo o que querem. Só sei que torço para a Alemanha. Desculpe-me Beckham, mas sou mais o Klose.

Os alemães Podolski e Klose vão duelar contra os ingleses Rooney e Gerrard

Anúncios

Rooney: O herdeiro

Wayne Rooney é a grande esperança de títulos da Inglaterra e de seu clube, o Manchester United. Há alguns anos, ou até a temporada passada, Rooney não era o principal jogador de seu time e nem mesmo da seleção inglesa, mas o rumo tomado por outros dois grandes astros do futebol mudaram sua trajetória na Inglaterra. Cristiano Ronaldo, que era o grande ídolo dos Diabos Vermelhos, se transferiu para o Real Madrid no fim da temporada passada e Beckham, grande representante do time inglês e um ícone em todo mundo, se machucou jogando pelo Milan, em uma partida válida pelo Campeonato Italiano. Ronaldo saiu do clube e Beckham não tem condições físicas para participar da Copa do Mundo da África, ou seja, os olhares voltados para os dois foram transferidos para Rooney.

E o inglês não decepcionou. Pegou a responsabilidade para si e deu conta do recado. A torcida do Manchester sente a falta de Cristiano Ronaldo, mas está conseguindo viver perfeitamente sem ele, já que Rooney de certa forma ficou em seu lugar. O atacante britânico é o grande nome do time, o craque, o astro que decide as partidas e é a grande força que faz os Red Devils seguirem firmes na disputa pelo Campeonato Inglês.

O posto de rei ou de craque também lhe foi ofertado no English Team, ao ponto de Fábio Capello pedir para que os ingleses rezem pela recuperação de Rooney (que machucou o tornozelo em um jogo contra o Bayern de Munique pela Liga dos Campeões) e para que o ex-jogador da seleção, Alan Shearer, dizer que a Inglaterra só tem chances de ganhar a Copa com a presença de Rooney. Wayne hoje é fundamental tanto para o Manchester quanto para a seleção inglesa e ele não parece se sentir pressionado por isso. O inglês vem cumprindo seu papel na Premier League (é um dos artilheiros da competição) e fazendo boas atuações pela Inglaterra, que se classificou em primeiro lugar de seu grupo nas eliminatórias.

Rooney é um grande jogador e tem outras qualidades também. O atacante se mostra apaixonado pelo clube que joga e também pela sua seleção, é claro. Além de talento, Rooney tem garra, determinação, força e não se deixa vencer por pressões. O inglês parece estar preparado para ser o grande ídolo de seu país na Copa do Mundo, ou melhor, ídolo ele já é, vamos ver se ele consegue ser o cara que dará à Inglaterra o título de bicampeão do mundo, 44 anos após o primeiro feito inglês.  Boa sorte para ele.