A Copa perdeu a graça

Mertesacker e Schweinsteiger lamentam a eliminação alemã na semifinal da Copa

Não adiantou ser uma das principais seleções da Copa e um dos melhores times já formados pela Alemanha de todos os tempos. Não adiantou ter um time equilibrado, um goleiro que se destacou, um meio-campo jovem e dinâmico, o melhor lateral do momento e um ataque matador. Nada disso serviu pra levar a Alemanha à final da Copa da África.

A forte zaga não serviu pra evitar o gol de cabeça do baixinho Puyol. O peso da camisa não serviu pra empatar o jogo e levar pra prorrogação. Enfim, ser um dos melhores não basta. Os germânicos, um dos melhores, perderam para a Espanha, uma das melhores seleções do mundo. Não basta ser um dos, é preciso ser a melhor. E infelizmente, para mim, a Alemanha não foi a melhor da Copa. Agora é esperar mais quatro anos e assistir a mais uma final sem graça e sem sal, afinal sempre é meio chato ver um jogo em que você não torce pra nenhum dos dois times.

Mas de qualquer forma ficarei ao lado da Holanda, pois jamais vou torcer para um time que eliminou minha querida Alemanha. Mas… antes de começar o Mundial eu dei a minha opinião sobre quem ganharia a Copa e meu palpite foi o seguinte: Brasil, Inglaterra ou Espanha. Vou gostar se a Laranja Mecânica vencer, afinal ela já bateu na trave duas vezes, mas se a Fúria ficar com o título provará que alguma coisa eu entendo desse esporte.

Anúncios

Show alemão

Alemães comemoram o primeiro gol do jogo

Mais uma vitória alemã. Normal. A Inglaterra não fez nada no começo da Copa e seria difícil que ela começasse a jogar bem agora. Os germânicos começaram melhor. Klose, sempre ele, marcou mais uma vez (agora só faltam 3 pra igualar o Ronaldo). Falem o que quiser, mas Klose sempre decide, sempre faz gols em momentos importantes e… voltando ao jogo: Alemanha mereceu a vitória, mesmo com o erro da arbitragem. A bola do Lampard entrou e entrou muito, erro feio do juizão, mas….

Não interessa. O gol não foi validado, mas a Alemanha jogou muito melhor e mereceu a vitória. Os ingleses, como disse no último post, têm um time cheio de estrelas, mas elas não conseguem brilhar juntas. Rooney é um dos melhores jogadores do mundo e não conseguiu fazer nada na África do Sul. Gerrard é um excelente meia e não fez muita diferença para o time da terra da Rainha. Enfim… parece que os ingleses só jogam bem na Premier League.

E quanto aos alemães… temos que fazer um agradecimento a Boateng, jogador que atua pela seleção de Gana. Se não fosse ele a quebrar o tornozelo de Ballack, Özil não teria entrado no time, Schweinsteiger não se tornaria um volante, Müller provavelmente também não teria um lugar no time. Enfim, a ausência de Ballack foi muito positiva para os alemães. Sem o volante do Chelsea o time ficou mais rápido, mais dinâmico, mais objetivo, mais técnico e mais time. Com Michael Ballack todo mundo se sentia na obrigação de passar a bola pra ele, afinal ele era o cara, mas agora não. A Alemanha não tem um “cara”, tem vários, e todos muito bons.

Klose marcou o primeiro dos 4 gols da Alemanha. Com mais 4 ele ultrapassa o Ronaldo

Esse time jovem com o experiente Klose, que está em busca de quebrar o recorde de Ronaldo e se tornar o maior artilheiro da história das Copas, tem muitas chances de ser campeão do mundo. Uma seleção que joga em conjunto, que não favorece ninguém, nem mesmo o Klose que busca uma conquista pessoal (diferente do Brasil em 2006, que não jogou nada, mas deu o tal recorde pro Ronaldo). Essa Alemanha unida e cheia de talentos têm de tudo para ser a grande campeã na África do Sul. Agora é esperar os próximos jogos e torcer pelo impossível, ou seja, o México derrotar a Argentina de Maradona e com isso facilitar o caminho germânico rumo ao tetracampenato.

O start do English Team

E de novo a Inglaterra começa no mesmo ritmo. Antes de começar a Copa os ingleses são os preferidos. A terra da rainha sempre tem um time sensacional com jogadores que se encaixariam em qualquer seleção do mundo, mas quando começa… Nunca empolga. É incrível. Antes do Mundial sempre é uma seleção cotada pra ser campeã, mas nunca empolga a torcida no início. O empate com os Estados Unidos teve gosto de derrota. E a falha do goleiro então? Desestabiliza qualquer um.

O frangaço do Green

Ok. O resultado não foi bom. O time não empolgou. O Rooney não fez tudo o que podia e o Green falhou. Mas é apenas o começo. A Inglaterra tem tudo para se classificar em primeiro lugar e, apesar de tudo, continua sendo uma das minhas favoritas ao título.

E os hermanos começaram bem de novo

Já virou rotina. A Argentina sempre estreia bem em Copas do Mundo. Mais uma vez nossos hermanos mostraram vontade, garra, talento, técnica, vontade e um jogo bonito de se ver. A partida contra a Nigéria não foi sensacional, afinal é apenas o começo. Mas os argentinos jogaram muito bem e mostraram que tem chances de ir muito longe neste Copa.

Maradona é ovacionado pela torcida argentina

E o que é Dieguito, hein? Maradona aparecia na TV quase com maior frequência que o jogo. O treinador Diego Armando Maradona chega até a ofuscar o brilho de seus jogadores. Jogo bonito e vários craques no time, o jeito agora é esperar o próximo jogo dos hermanos e ver se eles se superam com um jogo ainda mais atraente.